quinta-feira, 28 de setembro de 2006

O subjugado


Durante a minha preparação para a Maratona de Paris 2006, tive no David Vaz o meu principal parceiro de treino. Foram muitas as horas passadas a correr em conjunto, pondo a conversa em dia quando a intensidade das tarefas assim o permitia. Contudo, neste caminho para Lisboa 2006, que não é mais do que a preparação de um evento lá para a Primavera 2007, o meu parceiro... sumiu-se. A sua morfologia ter-se-á modificado (pelo menos assim as fotos deixam transparecer!!!), creio que devido à subjugação de que é alvo há uns tempos. Agora passa no Estádio Nacional, sim; mas passa de carro e não sózinho!!! Esta situação dará certamente para um debate mais alargado (vamos lá dar contributos aqui no blog!!), sobre a influência das namoradas na prática desportiva dos homens... É que há boas e más influências... :-D

3 comentários:

Lénia disse...

Ai, as mulheres, as mulheres...

Que mais posso dizer?

Pedro Amaral disse...

Ai Ai Ai eu logo vi que o gajo andava ao largo... Para estar tão calado...
O artista já nem tem tempo para respondes aos mail's e telefonemas.
E sobre o contributo das girlfriend's para o treino, não me pronuncio, porque cada caso é um caso! Não há função Matemática que possa modelar tal "comportamento"... E se houvesse, estava relacionada com a Teoria do Caos!

Pedro Amaral disse...

Ai Ai Ai eu logo vi que o gajo andava ao largo... Para estar tão calado...
O artista já nem tem tempo para respondes aos mail's e telefonemas.
E sobre o contributo das girlfriend's para o treino, não me pronuncio, porque cada caso é um caso! Não há função Matemática que possa modelar tal "comportamento"... E se houvesse, estava relacionada com a Teoria do Caos!